segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Capitulo 8

Saber oque meu pai pensava era nossa maior curiosidade...
Durante a semana depois a consulta, suas dores havia melhorado bem, os medicamentos já estavam sendo um problema pois o dinheiro não estava dando nem pra comprar, mais com a ajuda de amigos estávamos conseguindo comprar pois ainda estávamos pagando outras medicações que ele havia comprado por conta própria, mais não queríamos que ele percebesse essas dificuldades pois ele sempre fazia pra gente mesmo nas suas dificuldades.
Bom seu retorno a Unidade II era pra daqui 20 a  30 dias, compramos todas as medicações através da ajuda dos amigos pra 40 dias foi um alivio...
Chegou o dia de retorno ao medico meu pai já animado mais comunicativo, dessa vez a consulta foi mais informal ainda ele estava com muitas dores e foi atendido no repouso do ambulatório, aguardávamos o medico atender, mais dessa vez foi uma medica que nos atendeu super simpática digo ate que meu pai ficou mais a vontade por causa do seu jeito de conversar que passava segurança e tranquilidade. a medica receitou mais umas outras medicações, pra o intestino e tentou avalia lo na questão psíquica, e ela também achou melhor ele passar com a psicologa. Bem dificilmente meu pai iria falar algo pra psicologa mais poderíamos tentar.
Ficou marcado também nesse mês a quimioterapia, fomos bem cedo pois ele antes teria a avaliação, ficamos também no repouso mais la no pavilhão da Xuxa no Pio XII, o medico fez alguns questionamentos pra ele e pra eu, e voltou pra conversar com a equipe medica da quimioterapia, pra desdirem que tipo de quimio seria melhor pra o meu pai diante das questões respondidas por nós e diante aos exames que meu pai tinha feito anteriormente.

Um comentário:

  1. Eita pra quem conhece o zampi , sabe quem eh a medica que atendeu ele.

    ResponderExcluir